quinta-feira, 10 de março de 2011

Dia do Livro Autografado - João Tordo

LEILÃO ENCERRADO


Os livros foram arrematados por 20, 22 e 25 euritos.

Leilão em curso até às 22 horas de quarta-feira, 16 de Março.

Vergonhosamente ainda não li o novo livro de João Tordo (afinal uma pobre bibliotecária não chega para tudo), e, por isso, tive de recorrer ao mundo blogosférico para ver se encontrava comentários que me ajudassem a dar um lamiré sobre a obra a leilão.

Os bloguistas são unânimes. Parece que o livro é mesmo bom.

Deixo dois excertos de críticas que li e que penso que darão uma ideia do belíssimo material que hoje colocamos ao vosso dispôr.

Diz o Porta-Livros:

Criaram-se muitas expectativas em torno do novo romance de João Tordo, O Bom Inverno – é natural, afinal o autor ganhou há pouco tempo o Prémio José Saramago 2009, com As Três Vidas. Por norma, quando se geram muitas expectativas, dá mau resultado (...). Felizmente, desta vez isso não aconteceu, ou seja, o livro é mesmo bom; muito bom, sejamos justos.
(...) O Bom Inverno é um excelente romance negro que, apesar do seu estilo clássico, não deixa de surpreender o leitor. Este é, igualmente, um livro sobre escritores e o processo de escrita e aqui por certo as vivências pessoais de Tordo não terão sido esquecidas na hora de “montar” uma série de personagens fascinantes.


Estante de Livros acrescenta:

Há coi­sas trans­ver­sais em todos os seus livros, como a escrita cine­ma­to­grá­fica (...) ou a ten­ta­ção pelo fan­tás­tico e pelo poli­cial (...). Neste livro temos uma mis­tura de diver­sos géne­ros: não é bem um poli­cial, mas tem aquela ten­são tão pre­sente nos mes­mos, não é fan­tás­tico, mas tem um final como se fosse, não é um thril­ler de ter­ror e sus­pense, mas, ao fim e ao cabo, acaba por ter enor­mes influên­cias; acima de tudo, é uma mis­tura de géne­ros que acaba por agra­dar ao leitor.

Pelo que pude compreender, através da sinopse, a trama gira à volta de um escri­tor frus­trado que vai a Budapeste para um encon­tro lite­rá­rio. Acaba por conhecer um escritor italiano que o convence a ir até Itália, onde um famoso produtor de cinema tem uma casa no meio de um bosque.

(e agora, aproveitando a linguagem cinematográfica) Corta para: o produtor é encontrado morto no meio de um lago e cada um dos doze convivas tem uma versão diferente dos acontecimentos.

(Fiquei tão curiosa que agora vou ter de ir a correr ler o livro).

Ora o João Tordo foi um rapaz tão simpático que ofereceu não um, mas três exemplares autografados do “Bom Inverno” ao Déjà Lu (vénia, vénia, vénia).

De maneira que desta vez iremos ter três vencedores – os três licitadores mais audazes que se chegarem à frente com as ofertas mais altas. Para não haver empates, é proibido licitar por um valor que já tenha sido oferecido.

(e agora já me estou a rir com a disputa que isto vai originar, que uma bibliotecária também tem de gozar o prato de vez em quando).

Valor de licitação base (LIVROS NOVOS e AUTOGRAFADOS) – 15 euritos







Para licitar, abra a caixa dos comentários do post e escreva:
valor de licitação
e.mail para contacto no final do leilão
Por exemplo:
Dou 25 euritos e o meu e.mail é maneljoaquim@gmail.com

9 comentários:

  1. Eu dou 18€ e o mail é bruno_carrico@netcabo.pt

    ResponderEliminar
  2. Eu dou 18,5€. rmbiscaya@bportugal.pt

    ResponderEliminar
  3. €20 também pelo segundo exemplar, e o meu e-mail é luis.aguiar.fernandes@gmail.com

    ResponderEliminar
  4. boa noite. eu dou 25€. o meu mail é saporto22@gmail.com

    ResponderEliminar
  5. Dou 22€, rmbiscaya@bportugal.pt

    ResponderEliminar